06 out

Quando palavras do tipo play, games, fun e level são pronunciadas em sala de aula, imediatamente os alunos demonstram maior atenção e expectativa, justamente por aproximá-los de um universo com o qual eles têm bastante intimidade. Por essa razão, educadores e desenvolvedores de TI estão olhando com mais interesse para a gamificação, o processo de Aprendizagem Baseado em Jogos (GBL), como uma nova possibilidade de estratégia de aprendizagem com o uso das novas tecnologias.

A nova educação exige que os alunos se tornem protagonistas do seu próprio aprendizado e tenham autonomia para reconhecerem seus interesses, necessidades e, com o acompanhamento docente, desenvolverem a capacidade de tomarem atitudes e terem competência para “aprender a aprender”.

Alguns educadores ainda olham para o conceito de gamificação com receio, por se tratar de algo novo e que é associado a um momento de lazer dos alunos. Porém, é importante deixar claro que um número considerável de pesquisadores têm voltado a atenção para esse aspecto da educação, apostando no potencial que essa estratégia pode trazer, principalmente no que se diz respeito a um aprendizado personalizado.

Os jogos são uma importante estratégia didática para renovar a percepção da aprendizagem por parte dos estudantes de todos os níveis educativos e sistemas de ensino, a partir da educação infantil. Por isso, várias empresas trabalham para produzir materiais que apoiam esse processo mais leve e divertido.

Kodu pode ajudar você, educador, a promover a educação em sala de aula por meio de jogos. Para baixar o programa e estimular seus alunos a desenvolverem os próprios jogos,  basta se cadastrar na Microsoft Educação, usando o próprio login do Facebook, sua conta Microsoft, Office 365, Google ou Yahoo. Baixe aqui!

Uma outra sugestão, educador, é buscar atividades de aprendizagem em games disponíveis na Microsoft Educação.